WeCreativez WhatsApp Support
A nossa equipa de apoio ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Tire suas duvidas!
Oi, tudo bem? Como posso ajudar?

Your address will show here +12 34 56 78
Dicas

Por ser um rede dinâmica e visual, vender no Instagram pode ser mais fácil do que muita gente imagina. Essa plataforma é o ambiente propício para que, de maneira estratégica, você divulgue produtos e serviços ou mesmo a sua estratégia de marketing de conteúdo, para aumentar o alcance e a visibilidade da sua marca, gerando relacionamento, autoridade e uma infinidade de outros benefícios.

vender no instagram

O Instagram possui mais de mais de 25 milhões de perfis comerciais no mundo inteiro, sendo que 60% das pessoas diz que descobrem novos produtos na plataforma e ⅓ das histórias mais visualizadas são de empresas. Diante desses dados fica claro como é possível vender no Instagram, mas para que você faça isso de maneira efetiva, separamos sete dicas para te ajudar a impulsionar seu negócio.

1 – Perfil Comercial

Para que sua estratégia funcione, você precisa começar criando um perfil comercial.  Nada de misturar conta pessoal com a empresa, além de não ser bom para a imagem do negócio, somente uma conta comercial pode oferecer os recursos necessários para vender no Instagram. Para configurar o perfil comercial, vá no aplicativo, procure por configurações e role para baixo até Alternar para a conta comercial. Depois que você tiver uma conta comercial, será possível adicionar as informações comerciais pertinentes, como horário de funcionamento, endereço ou um número de telefone. Além disso, você obtém métricas em tempo real sobre o desempenho das suas histórias e publicações promovidas e, também, sobre seus seguidores e como eles interagem com suas publicações e histórias.

2 – Gerencie sua conta

Depois de criar sua conta, você vai precisar gerenciá-la e isso inclui uma porção de coisas. Para começar, é importante criar um planejamento, baseado na sua estratégia de vender no Instagram. Crie um calendário de publicações, com padrão de imagens e conteúdo, identificando a frequência ideal para aumentar o engajamento dos seus seguidores. Atualmente existem ferramentas que podem facilitar sua vida, já que foram desenvolvidas especialmente para gerenciar as redes sociais. Elas são extremamente úteis, pois permitem a otimização do tempo e o aumento de desempenho em estratégias de marketing digital. Além de programar postagens, é possível realizar ações de monitoramento, responder comentários e inbox, analisar resultados e muito mais. Aqui na Kreatif, utilizamos o aplicativo do Etus.

Leia também: 
DESCUBRA QUAL A FREQUÊNCIA IDEAL PARA PUBLICAR NAS REDES SOCIAIS

3 – Seja relevante

Para alcançar resultados reais e conseguir vender no Instagram, você também terá que investir em conteúdo de qualidade. Publicações apenas de venda podem se tornar cansativas e invasivas, você também tem que educar seus seguidores, fornecendo dicas e curiosidades. Isso cria uma boa experiência para os seus seguidores que terão acesso a publicações interessantes e diferentes. Nesse momento será importante entender bem as necessidades das pessoas que acompanham seu Instagram.

Leia também: 
INBOUND MARKETING: SAIBA COMO ATRAIR MAIS CLIENTES

4 – Influenciadores Digitais

É inegável que os influenciadores digitais estão em evidência e podem te ajudar a vender no Instagram. É difícil encontrar alguém que, em algum momento do dia, não acabe se informando ou consumindo algum produto indicado digitalmente por outra pessoa. Isso acontece porque é muito mais confiável para os consumidores quando outra pessoa fala do seu produto.

5 – Instagram Ads

O uso do recurso para criação e transmissão de anúncios na rede social não pode faltar nas dicas de como vender no Instagram. Assim como as campanhas do Facebook Ads ou Google Adwords, os anúncios na rede social são impulsionados e ganham visibilidade mais facilmente. Fazer uso dessa ferramenta é um poderoso componente em qualquer estratégia de marketing.

Leia também: 
ANÚNCIOS NAS REDES SOCIAIS: ENTENDA PORQUE VALE A PENA INVESTIR

6 – Instagram Shopping

Com o recurso, é possível marcar produtos em imagens de posts, e, quando o usuário clicar no produto, será encaminhado para a página de compra: uma verdadeira loja na rede. Porém, para poder usar o recurso e vender no Instagram é preciso:

  • Estar usando a última versão do APP do Instagram
  • Ter ou mudar para perfil comercial no Instagram
  • Ser administrador de uma Página no Facebook ou ter uma conta do Gerenciador de Negócios do Facebook
  • Ter uma loja no Facebook ou catálogo de produtos no Gerenciador de Negócios


7 – Vender no Instagram com aplicativo

Além do Instagram Shopping, que exige alguns passos burocráticos para ser utilizado, existem outras opções para quem opta por vender no Instagram. Porém, será necessário instalar um app de vendas próprio para isso. Antes você já deverá ter criado um perfil e configurado um uma conta business na rede. Um exemplo é o LikeStore, que permite que você crie um e-commerce que funcionará dentro das redes sociais. Basta adquirir uma conta, cadastrar seus produtos e sincronizar. Você também pode fazer a conexão com um e-commerce que você já tenha.

Seguindo essas dicas, sem dúvida, você conseguirá vender no Instagram. Veja outras dicas de marketing digital. 

0

Dicas

Terceirizar o marketing digital da empresa pode ser uma solução econômica e eficaz para melhorar sua presença na internet. É comum entre a grande maioria das pequenas e médias empresas, a falta de pessoas com o conhecimento e o tempo necessários para colocar as estratégias certas em prática. É aí que entram o profissional terceirizado ou as agências de marketing digital. Ao contratar esses serviços, você tem a experiência de um departamento de marketing inteiro “dentro” da sua empresa, por um custo bem menor. Pensando nisso, separamos as principais vantagens para sua empresa ao terceirizar o marketing digital.

terceirizar o marketing digital


Experiência e Conhecimento

Ao tomar a decisão de terceirizar o marketing digital você agrega a sua equipe a experiência e o conhecimento de outros profissionais, que estão por dentro das inovações e melhores ferramentas do mercado. O marketing digital, por natureza, é uma área com dinâmica própria e em constante atualização. Ao contratar uma agência especializada, você poderá ficar tranquilo quanto ao acompanhamento de tendências e aplicação das técnicas mais atuais. E, é claro, terá a segurança de que as estratégias utilizadas e o serviço prestado são os melhores possíveis e garantem a real visibilidade online da sua empresa.

  

Menor custo

Sem dúvidas, arcar com custos de um, dois ou até três funcionários especialistas é muito mais caro do que contratar uma empresa terceirizada, sem vínculos empregatícios. Toda a burocratização fica por conta da agência contratada, no caso, se torna a única responsável pela entrega de resultados. Além disso, para que o profissional ou equipe deem conta do trabalho, muitas vezes, será preciso realizar treinamentos, o que também significa efetuar gastos. Ao terceirizar o marketing digital, você se isenta dessas obrigações.


Mais produtividade

Uma das melhores maneiras de fornecer qualidade na execução do processo e na entrega de resultados é terceirizar o marketing digital. A ajuda de profissionais fará com que sua empresa tenha maior agilidade no lançamento de campanhas, permitindo que você realmente estabeleça um padrão no que diz respeito à frequência, entrega e aprovação.

Leia também: 
PERSONA: O QUE É E COMO PODE AJUDAR NO SUCESSO DO SEU NEGÓCIO?


Resultados significativos

Relatórios e métricas podem fornecer informações sobre o desempenho e os principais fatores que trazem lucratividade às campanhas. Ao terceirizar o marketing digital, você terá especialistas analisando esses dados e poderá descontinuar o que deu errado e otimizar aquilo que deu certo, criando novas estratégias a partir dos históricos positivos das suas ações nas redes sociais. Além disso, normalmente as agências já estão acostumadas a trabalhar com objetivos e metas, e sua experiência as qualifica para isso. Uma vez que dominam as técnicas e métodos para desenvolver estratégias personalizadas de forma assertiva e rápida, com foco no seu público, será mais fácil controlar os resultados e os prazos acordados previamente.


Tempo melhor aproveitado

Uma das maiores vantagens em terceirizar o marketing digital é que ele permite que você se concentre no que faz de melhor, deixando os detalhes de marketing para a agência contratada. Executar uma campanha de marketing digital envolve o domínio de uma série de ferramentas, que podem levar uma quantidade enorme de tempo e energia, apenas para que sua equipe domine os conceitos de uso, e mais tempo ainda para manter suas campanhas efetivamente online. Dessa forma, você e sua equipe economizam tempo e podem se dedicar a outras tarefas.


Leia também: INBOUND MARKETING: SAIBA COMO ATRAIR MAIS CLIENTES


Se você chegou até aqui já deve estar convencido de como é vantajoso terceirizar o marketing digital. Além de tornar sua presença digital mais efetiva e profissional, você economiza tempo e dinheiro. Compartilhe essas informações com seus amigos e veja outras dicas de marketing digital.

0

Dicas

Desenvolver marketing de conteúdo para redes sociais com qualidade e bons resultados é uma tarefa difícil, que exige trabalho duro e dedicação. Em um mercado onde a internet se tornou parte da vida das pessoas através das redes sociais, é crucial saber a maneira certa de se comunicar nessas plataformas. O conteúdo tem se mostrado uma ferramenta crucial para criar um relacionamento fiel e duradouro entre marcas e clientes. Pensando nisso, separamos a seguir, cinco dicas infalíveis, que podem te ajudar a criar conteúdo relevante que engaje seus seguidores.


marketing de conteúdo para redes sociais



1 – Público – alvo

Mesmo que você já conheça seu produto ou serviço a fundo, antes de pensar em começar a escrever sobre esse determinado assunto, você precisa conhecer as pessoas que irão ler seu conteúdo. Saber para quem está escrevendo é fundamental. Compreenda quem é seu público, a maneira como eles se comunicam e como é que você deve abordá-los. Definir suas personas (representações simplificadas dos clientes ideais de sua empresa) garantirá que todos os conteúdos desenvolvidos estarão de acordo com o que seu público quer ver e tem interesse. Para saber mais sobre suas personas, leia: PERSONA: O QUE É E COMO PODE AJUDAR NO SUCESSO DO SEU NEGÓCIO?



2 – Planejamento

Para obter resultados efetivos com marketing de conteúdo para redes sociais você precisa planejar com antecedência suas publicações. Criar posts aleatórios e fora de contexto, pode mostrar aos seus seguidores falta de profissionalismo e comprometimento. Por isso, liste com antecedência quais devem ser os assuntos abordados. Faça uma programação semanal e aproveite datas comemorativas e conteúdos que estejam em alta, mostrando que sua empresa está antenada nas tendências.    



3 – Conteúdo Relevante

O ponto mais importante para o sucesso da sua estratégia é criar conteúdo que seja verdadeiramente relevante para seu público-alvo. Busque sanar suas dúvidas, trazendo dicas e novidades que sejam interessantes. Se sua postagem conseguir ajudar as pessoas, elas perceberão um valor especial no conteúdo e devem compartilhar com os amigos. Além disso, o marketing de conteúdo para redes sociais deve ser pensado sob medida para cada plataforma. Invista em formatos diferentes para Instagram, Facebook ou Twitter.



4 – Imagens Impactantes

As imagens têm um impacto bastante significativo por atingir um amplo número de pessoas e ter a sua “leitura” muito mais rápida, além de facilitar a assimilação do conteúdo. De fato, as pessoas se lembram de 80% do que veem e apenas de 20% se elas somente leem uma informação. Com isso, o uso de recursos visuais é uma forma de fixar elementos, inclusive a sua marca. Aposte em imagens impactantes no seu marketing de conteúdo para redes sociais e alcance resultados ainda melhores.


Leia também: 
TAMANHO DAS IMAGENS PARA AS REDES SOCIAIS: GUIA COMPLETO!


5 – Métricas

De nada adianta adotar diversas técnicas, para desenvolver publicações impactantes para seus seguidores, se você não avaliar o desempenho de cada uma delas. Algumas métricas importantes para se analisar são: a visualização, o engajamento, a conversão e as informações de comportamento de seu público em relação a cada conteúdo postado. Através das métricas, você poderá retirar insights poderosos sobre o que, quando, como e de que forma o seu conteúdo impacta melhor a sua audiência.


Leia também: TRÊS PASSOS PARA TRANSFORMAR SEGUIDORES EM CLIENTES


Se você chegou até aqui já sabe como usar o marketing de conteúdo para redes sociais a seu favor. Compartilhe essas informações com seus amigos e veja outras dicas de marketing digital

0

Dicas

O Inbound Marketing tem como objetivo principal atrair os clientes usando conteúdo relevante. Conhecido também como Marketing de Atração, é um conjunto de estratégias que explora canais como mecanismos de busca, blogs e redes sociais para fazer com que as empresas sejam encontradas pelos clientes, diferente do marketing tradicional, onde é a empresa que vai atrás de clientes.


inbound marketing


O que é Inbound Marketing?

As estratégias de Inbound Marketing envolvem a criação e compartilhamento de conteúdo na internet, voltado para um público-alvo específico, com a intenção de conquistar a permissão de se comunicar com esse potencial cliente de forma direta, criando um relacionamento duradouro.

Diferente do marketing tradicional, que chamamos de Outbound Marketing, em vez de interromper os clientes em potencial, a ideia é atraí-lo por meio de conteúdo relevante. As pessoas alcançadas pelo conteúdo tendem a se sentir confiantes, permitindo a aproximação da empresa, através de um relacionamento saudável, não invasivo, que pode resultar em vendas.

O conceito de Inbound Marketing surgiu oficialmente nos Estados Unidos e começou a se popularizar a partir de 2009, após o lançamento do livro “Inbound Marketing: seja encontrado usando o Google, a mídia social e os blogs”, de Brian Halligan e Dharmesh Shah.

De maneira geral, com o Inbound Marketing os clientes vêm até a sua empresa, atraídos pela sua mensagem, permitindo que você apresente  soluções. Assim, você poderá transformá-los em clientes e até promotores de marca.



Benefícios do Inbound Marketing


Conquistar clientes usando o conteúdo pode trazer inúmeros benefícios para empresas de pequeno, médio e grande porte. Esse método é capaz de construir uma marca forte com clientes fiéis. Além disso, o Inbound Marketing oferece outras vantagens, como:



Atrair clientes certos

Segundo a Content Trends 2017, empresas que usam marketing de conteúdo conseguem gerar 3,2 vezes mais leads que as empresas sem uma estratégia similar. Com o Inbound Marketing, em vez de atrair pessoas que não tem a mínima possibilidade de comprar de você, o conteúdo vai chamar a atenção apenas dos que mostram potencial de compra futura.


Leia também: CINCO TENDÊNCIAS DAS REDES SOCIAIS PARA APOSTAR EM 2019



Criar relacionamento

Com o Inbound Marketing você cria uma relação de confiança com os clientes. De acordo com a HubSpot, enquanto apenas 29% das pessoas quer saber mais sobre um produto com um vendedor, 62% fazem pesquisas do tipo usando sites de busca. É nesse momento que seu público está mais aberto a ouvir suas recomendações e dicas, mantendo uma comunicação aberta e de interação constante.  



Diminuir custos

Além de diminuir custos de aquisição de clientes, o Inbound Marketing também é mais barato que as soluções tradicionais, como anúncios em revistas, jornais, tv e ativações de marca. O melhor é que seu negócio não sofre com a perda de qualidade ou a diminuição de resultados. É apenas um investimento mais eficiente. Com menos desperdício de recursos você tem um orçamento maior para aplicar em táticas que realmente funcionam.



Otimizar o processo de venda

O conteúdo altamente relevante e personalizado tem o poder de acelerar o processo de compra. Segundo a pesquisa Martech 2017, 50,4% das empresas de tecnologia que adotam Inbound Marketing têm ciclo menor que 30 dias. Apenas 29,5% das que usam métodos Outbound têm esse desempenho.


Leia também: PERSONA: O QUE É E COMO PODE AJUDAR NO SUCESSO DO SEU NEGÓCIO?


Esses são apenas alguns dos benefícios oferecidos pelas estratégias de Inbound Marketing. Compartilhe esse conteúdo com seus amigos e envia suas dúvidas, ficaremos felizes em ajudar. Veja outras dicas de Marketing Digital.

0

Dicas

Algumas tendências das redes sociais prometem ser sensação no próximo ano e já começam a entrar no calendário de marketing digital da maioria das empresas, que reconhecem essas plataformas como uma ferramenta para aumentar os lucros. Isso acontece porque não há mais dúvidas de que a grande maioria das pessoas faz uso das redes sociais e, dessa forma, a chance de encontrar seu público-alvo nesses canais é muito grande. Conforme dados da Comscore mais de 90% dos internautas no Brasil acessam as redes sociais e 41% deles pesquisam nessas plataformas antes de realizarem uma compra. Diante disso, é visível a importância de uma empresa se fazer presente nesse meio. Para que você possa se destacar dos seus concorrentes, separamos uma lista com as cinco principais tendências das redes sociais para apostar em 2019.


tendências das redes sociais

Conteúdo

O conteúdo chegou pra ficar. Essa estratégia já vem sendo bastante usada nos últimos anos, e em 2019 não vai ser diferente. A produção de conteúdo rico e inédito continua sendo a aposta de muitas empresas, mas desta vez com destaque para uma nova tática: a UCG (user-generated content) ou conteúdo gerado pelos usuários.  É um conceito similar ao boca-a-boca, porém adaptado ao mundo digital. A ideia é aproveitar a autenticidade do conteúdo para criar um discurso com o qual o público vai se identificar. Uma boa forma de implementar essa estratégia nas redes sociais é criando uma campanha que exige a participação do público, transformar os próprios consumidores em modelos.


Vídeos

Especialistas estimam que 80% do que consumimos online, em breve, será conteúdo de vídeo. As redes sociais já ampliaram as possibilidades do conteúdo visual como forma de atrair à audiência. Um claro exemplo, são os esforços do Facebook e Instagram, em acrescentar cada vez mais material audiovisual à suas plataformas. Entre as tendências das redes sociais, o vídeo se destaca porque 95% da mensagem é absorvida por vídeos enquanto apenas 10% é por textos.


Influenciadores digitais

Grandes definidores de tendências das redes sociais, os influenciadores digitais tem se mostrado uma ótima aposta para estratégias de marketing digital. Isso acontece porque os consumidores passaram a confiar mais nas opiniões de “gente como a gente” do que em celebridades.  Ao trabalhar com influencers que têm a cara da sua empresa, você também terá acesso a um público-alvo feito sob medida. Além disso, muitos deles cobram cachês mais baratos que as celebridades. Mesmo que seu orçamento de marketing não esteja perto de uma grande marca, é provável que uma parceria deste estilo caiba no seu bolso.

Leia também: 
TAMANHO DAS IMAGENS PARA AS REDES SOCIAIS: GUIA COMPLETO!


Mensagens privadas

Os aplicativos de mensagens privadas estão dominando nossas comunicações e se tornaram uma das principais tendências das redes sociais. As empresas têm ganhado muito ao puxar o atendimento ao cliente para esses ambientes privados, mesmo dentro das próprias redes. O problema é que muita gente não pode monitorar esses canais 24h, mas na era dos algoritmos, é possível automatizar até o atendimento ao consumidor usando robozinhos, chamados de chatbots.  Trata-se de sistemas de software que usam um algoritmo para determinar as perguntas mais frequentes. Segundo relatório da Grand View Research o crescimento global do mercado de chatbots deverá ser a taxas anuais de 24% até 2025.


Uso de Dados

Explorar os dados para benefício das empresas tem sido cada vez mais comum, através do big data, que oferece a possibilidade de mapear e consultar um volume enorme de dados e poder extrair informações. Esse monitoramento de mídias sociais evoluiu, fornecendo informações estratégicas da grande quantidade de dados disponíveis nas redes. Todos os dias o público está online, gerando um volume gigantesco de informações que, se coletadas e estruturadas com as ferramentas certas, podem gerar valiosos dados úteis para os negócios. Por isso, na hora de planejar suas estratégias em mídias sociais, além de programar ações para envolver seu público e criar uma interação positiva em torno da sua marca, pense também em como você pode se beneficiar da mineração de dados deste canal.


Leia também: 
DESCUBRA QUAL A FREQUÊNCIA IDEAL PARA PUBLICAR NAS REDES SOCIAIS


Ao apostar nessas tendências das redes sociais sua empresa terá um diferencial para se destacar dos concorrentes, já que o mercado digital está cada vez mais disputado. Veja outras dicas de marketing digital. 

1

Dicas
A persona é a representação do cliente ideal da sua empresa e pode ajudar a direcionar, definir e aplicar melhor suas estratégias de comunicação.

persona

A persona é um dos passos mais importantes para alcançar o sucesso no marketing digital, isso porque a sua estratégia precisará ser baseada no público que você deseja atingir. Com a ampla concorrência que o mundo virtual formou e o excesso de informação a que os consumidores são sujeitos a todo instante, é preciso dedicar seu tempo e seus recursos as pessoas certas, clientes em potencial. É aí que entra a persona. Criamos personas para enviar a mensagem certa para as pessoas certas e, assim, termos maiores chances de sucesso. Mas, afinal…

O que é Persona?

De acordo com a Resultados Digitais, a persona nada mais é do que a representação fictícia do cliente ideal para seu negócio. Esse perfil é criado a partir de dados reais sobre comportamento e características demográficas dos clientes, assim como uma criação de suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações. Essa definição vai ajudar seu negócio a compreender melhor quem é o cliente e do que ele precisa, guiando as estratégias de criação de conteúdo e de marketing digital.

Exemplo de Persona:

Mariana, tem 23 anos, mora em São Paulo, concluiu a graduação em Administração recentemente e já ingressou em um novo emprego, no setor administrativo de uma grande loja de varejo da região. Para se destacar no trabalho e visando uma promoção, ela iniciou uma pós-graduação. Mariana namora o Felipe há 5 anos, o casal está noivo a 8 meses, quando combinaram de casar, assim que ela concluísse a faculdade. Com o novo emprego e os estudos, Mariana não tem tempo para os preparativos do casamento. Seu objetivo é encontrar um profissional que a ajude nos preparativos, sem depender que ela dedique muito tempo a isso.


Leia também: 
TRÊS PASSOS PARA TRANSFORMAR SEGUIDORES EM CLIENTES


Diferenças entre Persona e Público-alvo

O público-alvo é uma parcela abrangente da sociedade para quem você vende seus produtos ou serviços. Já a persona, é a representação do seu cliente ideal, de forma mais humanizada e mais personalizada. O público-alvo abrange um grande número de pessoas que podem ser atingidas pelo produto ou serviço que a sua empresa oferece. Envolve também questões demográficas, socioeconômicas e comportamentais que definem as ações do negócio.

Apesar de muito parecidos, a principal diferença é que direcionar sua estratégia para um perfil específico é muito mais efetivo. Hoje, as empresas estão mais preocupadas em selecionar melhor os seus clientes para entendê-los mais a fundo e garantir que a experiência seja satisfatória. Além do mais, não é preciso limitar-se a uma única persona, caso você ache que tenha segmentado muito a fundo. É comum que os negócios tenham mais do que uma persona definida.

Leia também: PÚBLICO-ALVO: QUATRO DICAS PARA ENCONTRAR E CONQUISTAR O SEU PÚBLICO NA INTERNET



Depois de entender bem o que é persona, é hora de colocar a mão na massa e definir as suas. Para isso, você precisa fazer pesquisas, entrevistas e coleta sistematizada de dados. Para criar uma persona de qualidade é importante conhecer o seu cliente e seus hábitos de compra. E aí, vamos começar? Envie suas dúvidas, ficaremos felizes em ajudar! Veja outras dicas de marketing digital.

0

Dicas

frequencia ideal para publicar nas redes sociais

Saber a frequência ideal para publicar nas redes sociais pode fazer toda diferença nos resultados da sua estratégia de marketing digital. Mas, o que muita gente não sabe, é que cada rede social tem uma dinâmica própria, que influencia no conteúdo e quantidade de publicações. Com o crescente número de pessoas aderindo a essas plataformas, sendo hoje no Brasil mais de 64% da população, as empresas passaram a lutar por espaço na web, tornando acirrada a disputa por atenção. Para alcançar o engajamento desejado, um empresa precisa criar uma estratégia, programando seus posts com antecedência e respeitando a frequência ideal para publicar nas redes sociais. Pensando nisso, listamos a seguir as principais plataformas e suas dinâmicas.   


Facebook

O facebook é ainda, a rede social mais popular do mundo. No Brasil, 97% das empresas está presente nesta plataforma, não há dúvidas da importância da ferramenta na comunicação com os clientes. A recomendação para quem tem uma página no facebook é postar pelo menos duas vezes ao dia. Mas, fique atento a sua estratégia e seus objetivos, a frequência ideal para publicar nas redes sociais precisa estar de acordo com eles. Por exemplo, se sua intenção é aumentar o engajamento, de nada adianta bombardear o público com inúmeras publicações irrelevantes. Poste menos, mas com qualidade, gerando interesse nas pessoas.


Instagram

O Instagram já alcançou mais de 25 milhões de perfis comerciais no mundo inteiro. Um número que cresce muito a cada dia. Essa plataforma exige grande relevância nas publicações, sendo indicado fazer no máximo uma postagem por dia no feed, que estimule a interação e participação das pessoas, sem se tornar invasiva. Já a funcionalidade do Instagram Stories tem provocado uma revolução, com alto índice de audiência. Esse recurso é interessante para interagir e questionar seus seguidores sobre variados assuntos, além de mostrar o dia a dia da empresa, estreitando o relacionamento com os clientes. É importante tomar cuidado para não exagerar e se tornar chato, limite seus stories a 3 posts por dia.

Leia também: 
5 DICAS PARA INSTAGRAM STORIES: DESCUBRA COMO CONQUISTAR SEUS SEGUIDORES


Linkedin

Para se tornar uma referência na sua área de atuação, é essencial manter seu Linkedin sempre atualizado. Uma rede social voltada para negócios, que pode facilitar a conexão entre empresas e profissionais. Com um público mais exigente, mantenha o foco na qualidade e não quantidade de publicações. Desenvolva conteúdos mais densos e interessantes, publicando de uma a três vezes na semana, mantendo a frequência ideal para publicar nas redes sociais.


Twitter

O número de postagens no Twitter costuma ser bem maior e isso faz com que um tweet se perca em meio aos outros, cerca de três horas após ser publicado — ou até menos. Diante dessa dinâmica, é recomendado fazer no mínimo 3 tweets diários. Para potencializar seus resultados é importante usar algumas táticas, como as hashtags, retweetar menções, republicar após 12 horas e interagir com os seguidores.

Leia também: 
HASHTAGS: CINCO DICAS PARA USAR DA MANEIRA CORRETA


Youtube

A frequência ideal para publicar nas redes sociais é um pouco diferente quando se trata do Youtube, já que o processo de criação de um vídeo pode demorar mais do que os demais conteúdos das outras plataformas. Mesmo com essa dificuldade, o ideal ainda é manter uma postagem semanal, para influenciar no engajamento do público. Uma boa dica é estabelecer dia e hora para lançamento dos vídeos, criando um hábito de acesso por parte dos seguidores.   


Leia também: TAMANHO DAS IMAGENS PARA AS REDES SOCIAIS: GUIA COMPLETO!

Se você chegou até aqui já está por dentro da frequência ideal para publicar nas redes sociais. Seguindo essas dicas você conseguirá melhores resultados na estratégia de marketing digital da sua empresa, ganhando a confiança do seu público e gerando um excelente engajamento. Gostou dessas informações? Compartilhe com seus amigos! Veja outras dicas de marketing digital.

1

Dicas
Usar o correto tamanho das imagens para as redes sociais pode fazer toda diferença na hora de criar publicações de sucesso.


Saber o tamanho das imagens para as redes sociais é essencial na estratégia de marketing digital da sua empresa. Com o crescimento contínuo do uso dessas plataformas, a concorrência entre as empresas têm se tornado cada vez mais acirrada, ou seja, para se destacar em meio a multidão, sua empresa precisa chamar atenção de forma positiva. Além de criar conteúdo exclusivo e de qualidade, as imagens precisam ser exibidas da maneira correta, sendo que existe diferença no tamanho entre as plataformas. Por isso, preparamos um guia completo, com o tamanho das imagens para as redes sociais.

Facebook

O Facebook é a maior rede social do mundo. São mais de 1 bilhão e meio de contas ativas. O Brasil é o terceiro país com o maior número de contas ativas: são 100 milhões de usuários e desse número, 90% acessam mensalmente através de dispositivos móveis. A cada 10 brasileiros conectados, 8 estão ativos no Facebook, e isso nos dá uma única certeza: independente do segmento da sua empresa, seu público está conectado no Facebook, por isso, aprenda agora como publicar imagens corretamente.

Foto de perfil: mínimo de 180 x 180 px
Foto de capa: 820 x 310
Post com link: 1200 x 628
Foto publicada: 1200 x 628
Foto de capa de grupo: 1640 x 859
Foto de capa de evento: 1920 x 1080

tamanho das imagens para as redes sociais

Instagram

Os brasileiros são conhecidos pelo mundo por serem extremamente engajados nas redes sociais. Apenas no Instagram, já somos mais de 50 milhões de brasileiros presentes e ativos. Estamos em segundo lugar em número de usuários na rede, atrás apenas dos Estados Unidos. Não há dúvidas de que o Instagram está se tornando uma super potência da internet. Hoje, já são mais de 25 milhões de perfis comerciais no mundo inteiro e mais de 2 milhões de anunciantes que compartilham suas histórias e geram resultados comerciais. Para não errar no Instagram, acompanhe o tamanho das imagens para as redes sociais.

Foto de perfil: 110 x 110 px
Quadrado: 1080 x 1080
Vertical: 1080 x 1350
Paisagem: 1080 x 566

tamanho das imagens para as redes sociais

Leia também: HASHTAGS: CINCO DICAS PARA USAR DA MANEIRA CORRETA


Twitter


Muita gente não aposta no twitter, mas seu faturamento total foi de US$ 665 milhões nos três primeiros meses de 2018, com lucro de US$ 61 milhões. É o segundo trimestre consecutivo que o Twitter obtém saldo positivo, algo que não ocorria desde 2013, quando a empresa abriu seu capital. Nestes mesmos três meses, conseguiu um avanço de 3% em sua audiência, fechando o trimestre com 336 milhões de usuários ativos – sendo 6 milhões deles acrescentados desde o fim do ano passado. A rede permanece firme e conquistando mais pessoas a cada dia, sem dúvida, sua empresa precisa estar presente e publicando corretamente o tamanho das imagens para as redes sociais.

Foto de perfil: 400 x 400 px
Foto de cabeçalho: 1500 x 500
Foto publicada: 440 x 220

tamanho das imagens para as redes sociais

Youtube

Mais de 1,9 bilhão de usuários conectados ao YouTube acessam a plataforma todos os meses. Diariamente, as pessoas assistem mais de um bilhão de horas de vídeo e geram bilhões de visualizações. Você pode navegar no YouTube em até 80 idiomas diferentes (o que abrange 95% dos usuários da Internet). São números impressionantes, não é mesmo? Essa plataforma tem uma abrangência forte e para sua empresa fazer a diferença é preciso saber o tamanho das imagens para as redes sociais.

Foto de perfil do canal: 800 x 800 px
Foto de capa: 2560 x 1440
Miniatura de vídeo: mínimo de 1280 x 720

tamanho das imagens para as redes sociais

Linkedin

Vista por muitos como uma rede social exclusiva para anúncio de vagas ou busca de empregos, o LinkedIn vem ganhando expressividade com o passar dos anos por mostrar ser muito mais do que isso. O relatório Social Media Trends 2018 aponta que 47,2% das empresas já estão nessa rede e reconhecem que as estratégias adotadas possuem, sim, um impacto nos resultados de marketing digital. Para sua empresa acertar também, acompanhe como postar corretamente.

Foto de perfil pessoal: 400 x 400 px
Foto de fundo pessoal: 1584 x 396
Foto de fundo comercial: 1536 x 768
Logo padrão para empresas: 400 x 400
Banner para empresas: 646 x 220

tamanho das imagens para as redes sociais

Leia também: DESCUBRA COMO AS REDES SOCIAIS PODEM AJUDAR A SUA EMPRESA

Seguindo essas dicas sua empresa seguirá o tamanho correto das imagens para as redes sociais e poderá fazer publicações de sucesso. Veja outras dicas de marketing digital.

1

Dicas
Produzir vídeos para redes sociais pode fazer toda diferença na estratégia de marketing digital da sua empresa, já que eles aumentam o engajamento do público.

videos para rede sociais

Investir em vídeos para redes sociais pode ser o diferencial que está faltando para sua empresa bombar na web. Com os avanços da tecnologia, em termos de velocidade e acessibilidade a internet, os vídeos se tornaram os queridinhos de muita gente. Eles são espontaneamente aceitos pelo público, por serem fáceis de consumir e ainda tem um forte poder de disseminação, se propagando rapidamente.  

De acordo com dados da Cisco, em 2019, 80% de todo o tráfego de dados da internet será gerado por vídeos online e de acordo com o diretor do YouTube no Brasil, até 2020, o consumo de vídeos online deve ultrapassar o de TV em todo o mundo. Com esse dados podemos perceber que os vídeos são essenciais para sua empresa se destacar em meio a concorrência na internet. Pensando nisso, separamos a seguir uma lista com cinco dicas para aumentar o engajamento dos vídeos para redes sociais.

 

1 – Roteiro, produção e edição

Antes de pegar a câmera e sair gravando vídeos para redes sociais é preciso se organizar. Prepare um roteiro o mais detalhado possível, com as falas, o cenário e tudo que você irá precisar para realizar a gravação. Anote passo a passo o que deve ser feito antes de sair por aí filmando. Pense que o conteúdo que você irá transmitir deve ter relevância, portanto capriche no roteiro. Só depois disso parta para a produção do conteúdo. Nesse momento, procure seguir a risca aquilo que você planejou, sem buscar atalhos, para não comprometer a qualidade do seu material. Depois de gravado, nem pense em sair correndo e publicar o vídeo direto da câmera. Se você não sabe editar o vídeo, o ideal é buscar ajuda de um profissional, para garantir que seu conteúdo tenha um resultado final bacana.

Leia também: 
ANÚNCIOS NAS REDES SOCIAIS: ENTENDA PORQUE VALE A PENA INVESTIR


2 – Público – alvo

Conhecer seu público-alvo será essencial para gravar vídeos para redes sociais que gerem engajamento de verdade. É importante saber muito mais do que seu sexo, idade e localização geográfica, você precisará identificar quais são suas dúvidas e suas necessidades. Isso irá te ajudar a criar um conteúdo realmente relevante e impactante.


3 – Dinamismo

Os usuários das redes sociais prezam por conteúdos que possam ser consumidos de forma rápida, sem muito esforço. Por isso, crie vídeos para redes sociais que sejam simples, didáticos e curtos. Você também precisará conquistar essas pessoas logo de cara, elas não param por muito tempo em um conteúdo, apenas o escaneiam, descobrem do que se trata e, se não ele não interessa ou chama atenção, continuam sua navegação.


4 – Redes sociais

Cada rede social exige formatos e tamanhos de vídeos diferentes, é preciso ficar atento e adaptar seu conteúdo da maneira correta. O Facebook é mais maleável e permite vídeos mais longos, mas tome cuidado para não se estender muito e se tornar chato, aposte em vídeos de “faça você mesmo”. Já o Instagram é mais visual, por isso, preste atenção na qualidade da imagem. Os vídeos precisam ser curtos, pois há uma limitação de 60 segundos no feed da plataforma. Ou utilize o IGTV que permite vídeos mais longos, as contas verificadas podem fazer upload de até 60 minutos e os usuários comuns até 10 minutos.


5 – Legendas

Capriche nas legendas dos vídeos para redes sociais. Invista em uma chamada de texto impactante para instigar o usuário a assistir. Seu texto também deve fazer com que o usuário entenda do que se trata o vídeo, pois com a rotina dos dias de hoje, muita gente usa o celular em locais onde não pode ouvir o áudio, então precisará entender seu conteúdo sem esse recurso.

Leia também: DESCUBRA COMO AS REDES SOCIAIS PODEM AJUDAR A SUA EMPRESA


Seguindo essas dicas você irá produzir excelentes vídeos para redes sociais. Se gostou deste conteúdo compartilhe com seus amigos, ou envie suas dúvidas para nós, ficaremos felizes em ajudar. Veja outras dicas de marketing digital.

0

Dicas
O segredo para transformar seguidores em clientes envolve planejamento e estratégias de marketing digital bem definidos.

transformar seguidores em clientes

Transformar seguidores em clientes é uma tarefa mais difícil do que a grande maioria das pessoas imagina. Ter milhares de fãs nas redes sociais não significa ter milhares de vendas no seu negócio. Existe um longo processo de trabalho e estratégias de marketing digital para que os seguidores se tornem efetivamente consumidores do seu produto ou serviço. Para começar, você precisa ter seu público-alvo bem definido, saber quem são seus consumidores e o que eles gostam é essencial. Somente após isso aplique os três passos a seguir para transformar seguidores em clientes.   

1 – Conteúdo de Qualidade

O primeiro passo para transformar seguidores em clientes é oferecer conteúdo de qualidade. Essa é a melhor forma de mostrar para eles que sua empresa é especialista no serviço ou produto que oferece, se tornando uma autoridade no assunto, com informações amplas, que agreguem valor. Além disso, as publicações nas redes sociais precisam ser exclusivas, com conteúdo que só pode ser conferido no perfil da sua empresa, assim você se diferencia dos concorrentes e ainda vai estreitar o relacionamento com os seguidores. Uma boa dica para desenvolver conteúdos que sejam realmente relevantes para o público-alvo é fazer uma busca no Google Alerts, pelas palavras-chaves do seu negócio. Você receberá resumos diários com todo conteúdo relacionado às palavras cadastradas.  

Leia também: 
10 DICAS PARA FAZER BOMBAR O INSTAGRAM DA SUA EMPRESA


2 – Empresa humanizada

Nos dias de hoje, as pessoas desejam criar laços com outras pessoas, não com empresas. Com tantas opções disponíveis no mercado, o público está ficando cada vez mais seletivo e exigente. Para transformar seguidores em clientes, a empresa precisará se destacar. Colocar uma cara na marca é um grande diferencial. Sua empresa precisa de alguém como porta voz dos produtos e serviços. Além disso, é importante usar as redes sociais para retratar o dia a dia dos seus colaboradores, faça vídeos ao vivo e stories mostrando a rotina de trabalho e como os processos são executados dentro da empresa. Essa postura passa confiança aos clientes e torna a relação mais pessoal e amigável.

3 – Interação com seguidores

O terceiro passo é talvez o mais importante para transformar seguidores em clientes. A empresa precisa fazer parte da rotina deles na internet, interagindo constantemente com o público-alvo. As redes sociais são uma via de mão dupla, as empresas também precisam curtir as fotos dos seguidores, comentar e fazer @menções. Uma das melhores formas de conquistar mais engajamento é realizando sorteios, promoções e concursos. Ofereça algo de valor ao seu público, como cupons de desconto, brindes ou até mesmo exemplares dos seus produtos. Com os concursos você envolverá as pessoas na sua campanha, tornando-as parte disso, terá mais envolvimento. Estude as possibilidades e experimente alguns formatos até definir os que funcionam melhor.

Leia também: 
DESCUBRA COMO AS REDES SOCIAIS PODEM AJUDAR A SUA EMPRESA


Seguindo essas dicas você conseguirá transformar seguidores em clientes, aumentando o faturamento da empresa. Não esqueça de manter suas redes sociais sempre atualizadas, fique por dentro das informações do ambiente digital e do mercado em que você trabalha, para aproveitar novidades vantajosas quando surgirem. Compartilhe esse conteúdo com seus amigos e envie suas dúvidas, ficaremos felizes em ajudar. Veja outras dicas de marketing digital.  

1

PREVIOUS POSTSPage 1 of 3NO NEW POSTS